segunda-feira, 9 de junho de 2014

Alcançamos as 39 semanas!!

39 semanas!

Gente! Falta tão pouco!

Não imaginava uma gravidez tão tranquila. Agradecendo, sempre, meu super amor!



segunda-feira, 5 de maio de 2014

Tudo bem!

Já voltamos à nossa rotina. Tudo bem com mamãe, papai e bebê!

Esta semana tem pré-natal. 

O neném está todo, todo! Dando piruetas dentro da barriga! Chutando tudo, rsrs...

Estamos todos muito emocionados, domingo teve sessão de fotos! 

Que delícia o amor!!!!!


segunda-feira, 21 de abril de 2014

32 semanas

Alcançamos as 32 semanas!!!

Estava tudo lindo, até que na 28ª semana, o papai pegou gripe, e assim a mamãe também... E foi aí que tudo desandou, rsrs... Ganhei remedinhos da obstetra, a semana foi punk!

Mas no final dessa semana, fomos ver o Thiago, lindo, lindo, lindo! Ultrassom 4D, impressionante como dá pra ver o rostinho perfeitinho. Ele estava com as duas mãos no rostinho, trollando os papais, rsrs..., com o pezinho na boca, rsrs...! Abaixou uma mãozinha, e que fofura de rostinhooo!!!!

No fim das 29 semanas, num sábado, sarando da gripe, um susto! Tive um sangramento, razoável, no ultrassom foi constatado acúmulo de sangue na saída do útero, mas não foi identificado de onde vinha, somente que não era nem da placenta, nem do bebê. Fiquei internada 2 dias, medicação para parar a hemorragia e não ter contração. O sangramento logo parou, ficou só uma sujeirinha, a obstetra fez o ultrassom e viu que o sangue havia diminuído e tive alta na segunda. Voltei pra casa e continuei de repouso. Mas no domingo, outro susto, saiu uma meleca com sangue, 2 vezes no domingo, 2 vezes na segunda, só que mais claro, esperei até terça, pois tinha pré-natal com a minha obstetra (na emergência da hemorragia e alta, fui atendida pela obstetra de plantão) e não estava com dor, antes de sair para o hospital, saiu uma melecona gelatinosa, na verdade, um coágulo enorme! Esse eu guardei e levei pra mostrar. Como eu não estava com dor, nem contração, nem febre, não fiquei internada. Foi monitorado o coraçãozinho do bebê, estava tudo bem. Ganhei uns remedinhos e voltei pra casa descansar, de molho até agora. Amanhã tem retorno, estou bem, sem sinal de sangue até o momento.
Mas não passei muito bem a semana, descobri que passo muito, mas muito mal, se comer demais, rsrs..., como estava jururu, tive vontades de comida, e comi demais, só que depois quase morri de dor na barriga, pois o estômago e intestino estão mais lentos, e não acompanharam o tanto que comi, rsrs..., pra ajudar fiz isso 2 vezes na semana, muito burra!!!

Espero ficar 100% bem, pois já estou me sentindo doente, parece que tudo dói por qualquer coisa. Sábado, o Diego me levou pra dar uma voltinha pra distrair, fomos ver flores, tomar um ar. Mas no outro dia quase morri de dor nas pernas.

Ah, não consegui ir na terceira aula do cursinho, e o Diego foi sozinho, bonitinho!

Já são 3 semanas de tempestade, será que posso desfrutar da calmaria novamente??



sexta-feira, 14 de março de 2014

26 semanas, quase 27...

MeninO!

Com 21 semanas tivemos a confirmação, mesmo já avistado uma "saliência" desde o ultrassom de 15 semanas. Foi no 4D, vimos o rostinho, muita emoção!

A gravidez anda a mil maravilhas, tranquilíssima. O papai Diego já sente o bebê Thiago (é, ele já tem nominho), todo dia eles conversam, rsrsrs...
No último ultrassom, com 25 semanas, ele já estava enorme, rsrsrs, 840g mais ou menos. Agora deve estar beirando 1 kg. Nosso próximo encontro será com 28 semanas, mais uma vez 4D, não aguentamos de vontade de ver o rostinho mais uma vez, ele estará maiorzinho, rsrs...

Já começamos o enxoval, ganhamos muitas roupinhas, que eram dos meus sobrinhos e afilhado. Ganhamos um berço também, já está montadinho, esperando o Thiago. Estamos organizando um chá de fraldas, é muita coisa pra providenciar, não imaginava que fosse tão corrido, não estou trabalhando e assim dou 100% de atenção para os preparativos, hehe... Estou dando um toque materno artesanal no enxoval, rsrs, a única coisa que eu sei fazer, biquinho de crochê (só um tipo, rsrs) nas fraldas de boca, toalhas e mantas.

A ansiedade já começa a bater, pensando na hora do parto, depois do parto, e daí por diante.

Na segunda aula do cursinho de pais, fomos conhecer a maternidade nos detalhes, é cara, mas é linda!
Aqui no Japão, as mamães ficam internadas no mínimo 4 dias se for parto normal, e 6 dias se for cesárea. A preferência é sempre o parto normal, que é feito de forma natural, sem anestesia, respeitando o ritmo da mamãe e do bebê, sempre monitorado. O bebê fica no quarto juntinho da mamãe. É na maternidade que aprendemos a dar banho, o papai também. Aqui em casa o papai já sabe, rsrsrs, mas a mamãe terá que aprender.

E o Thiago não para de mexer, rsrs...


sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Cute

"Quando um bebê decide vir ao mundo, nasce com ele uma mamãe.  

Uma mãe é mãe desde o primeiro instante. Mesmo quando a vida ainda é um minúsculo ser implantado no ventre, a gente já é mãe do coração. Todo nosso pensamento, todo nosso cuidado se volta para esse serzinho que, tão minúsculo, já provoca emoções tão grandes.

A simples descoberta já nos traz um turbilhão de emoções inexplicáveis. A vida nunca mais vai ser a mesma. E nos perguntamos: "será que vou ser uma boa mãe?" "Será que vou saber cuidar do meu bebê?" 

Mas uma mãe não nasce mãe e não aprende a ser em escolas. Uma mãe é e isso basta. Mãe sente, mãe adivinha, mãe aprende sofrendo, mãe sofre aprendendo. 

 Benditas são as mulheres! Se elas suportam uma das maiores dores, sentem sem dúvida a maior das felicidades. Uma mulher grávida é sempre algo sublime, ela tem algo de anjo e santo, uma aura invisível que reflete e ilumina seu rosto. Ela carrega nela a vida, um pedacinho dela mesma que vai um dia ter vida própria e isso é maravilhoso e assustador ao mesmo tempo. 

Deve ser por isso que nos tornamos tão emotivas e choramos tão facilmente. Deve ser essa a razão de querermos estar satisfeitas em todos os nossos desejos.

Que a gravidez não é uma doença é verdade. Mas que não digam que é normal e que a pessoa pode viver normalmente, pois isso não é verdade. Todo o equilíbrio físico, psicológico e emocional fica balançado. Há ainda hoje civilizações onde as mulheres grávidas são tratadas como seres especiais e divinos.

Mãe que está descobrindo as alegrias da maternidade agora, deixa eu te dizer uma coisa: se você tem medo de não saber o suficiente para ensinar ao seu bebê os caminhos da vida, saiba que é com ele que você vai aprender a trilhar muitos desses caminhos. Viva a sua gravidez em todos os seus instantes e não se preocupe se está fazendo ou se fará as coisas certas ou erradas. Seu coração vai te ditar, confie nele!  Aproveite ao máximo cada segundo, pois cada momento é único e esse privilégio não é dado a todos. Fale com seu bebê, faça carinho nele, sorria pra ele; viva o mais serenamente possível. Acredite: esses momentos são preciosos!..."


sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

20 semanas e uns dias...

Já estou sentindo o bebê mexer (emoção!!!), consegui sentir com 19 semanas, parecem espasmos musculares indolores. O Papai está doidinho pra sentir.

Tivemos nossa primeira aulinha de Papai e Mamãe (é meio que obrigatório, mas gostamos), assistimos um vídeo sobre a fecundação e o crescimento do bebê até o parto. A classe estava cheia, em torno de 20 mamães e 8 papais. O Diego vestiu uma barrigona, pra saber como nós nos sentimos barrigudonas, rsrsrs... ficou a aula toda de barriga, 2 horas. Ele adorou, queria até fazer uma pra ficar em casa, rsrsrs...

Desta vez, de novo, no ultrassom pareceu ser um menininho, mas não tivemos certeza, então, resolvemos marcar um 4D, logo que fizermos venho contar, hehe.

Queremos começar o enxoval, ou azulzinho ou rosinha, rsrs, já fiz algumas fraldinhas amarelas, verdes e azuis.

Ansiosos por saber o sexo!!!

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Escrever para lembrar forever!

Foram anos de planejamento, em 2012 pensamos seriamente em começar,  mas foi em 2013 que resolvemos colocar o plano em prática, de verdade.

O início foi complicado, eu estava bem acima do peso, tenho SOP (síndrome dos ovários policísticos), hormônios desregulados, uma bagunça. Com um rápido tratamento, 3 meses, entre controle alimentar, medicação para ovulação, controle de temperatura basal, exames do útero e trompas, e muito amor, fizemos nosso bebezinho.

Hoje, estamos com 17 semanas, com tudo certinho, a não ser pelo contínuo controle alimentar, onde eu não emagreço, mas controlo a glicemia, que está um pouco fora dos conformes, rsrs...

Coisas da gravidinha:
"Antes da confirmação, eu queria comer tomate todo dia, e comia tomate todo dia, rsrs..., tomate com pão, tomate na salada, tomate com arroz, rsrs...
E depois, rsrs..., perdi a vontade de comer margarina, passei a comer pão puro, mas agora, pão com queijo cottage, e quero chupar laranja todo dia, e continuo comendo muito tomate!
Tive alguns desejos não urgentes, na verdade, vontades. Comer chocotone MAXI, que não tem por aqui, mas meu sogrinho mandou, chocotone, docedeleitetone, pannetone, moussetone, rsrs..., quem se esbaldou foi o Papai Diego. Também quis comer pão francês com mortadela, fui visitar o Jú, ele e o Diego providenciaram, e comi um monte, rsrs...
O Papai também tem suas esquisitices, um dia quis comer moti assado, uma coisa que ele não era chegado. Outro dia, jantando na casa de amigos, terminou de jantar, conversou, e tomando um café, começou a beliscar um pedaço de picanha, picanha com café, rsrs..., e logo depois comeu bolo. Está engordando junto comigo, também, rsrs..."

Ainda não sabemos o sexo com certeza, talvez no próximo ultrassom. No último, vimos o que talvez seja um piupiuzinho, mas é melhor esperar crescer um pouquinho mais, estávamos com 15 semanas.

Ah, e tem o cursinho para gestantes, eu e Papai começamos dia 28. Uma vez por mês, 4 aulinhas com 2 hs de duração.

Coisas da gravidinha II:
"No primeiro trimestre, não enjoei, tive uns dias de má digestão, mal estar, mas enjôo não passei, acho que tive sorte, rsrs... Mas para compensar, tive muita espinha no rosto, principalmente no queixo, pescoço, ombro, barriga, parecia catapora, rsrs..., elas ainda persistem, mas melhoraram. Dor no seio, eles aumentaram 2 números do soutien e o bico e a aureola estão maiores e mais escuros. Muita coceira pelo corpo, principalmente nos seios (quis arrancar o bico fora) e na barriga. A dor e a coceira melhoraram bastante a partir do segundo trimestre.
A barriga não cresceu muito, devo estar, agora, com uns 4 kg a mais.
Aaahhh, como aqui é inverno, logo que fizemos 12 semanas de gestação, tive que tomar a vacina de influenza, pela primeira vez, não pensei que fosse doer tanto, meu braço parecia que ia cair durante 3 dias, fora a reação de coceira na barriga, coceira insuportável e bolinhas vermelhas.
Para estrias? Juro que tentei passar óleo, mas não gosto muito. Então passo só um creme próprio para prevenir estrias. Para a coceira do bico do peito do primeiro trimestre, passei uma pomada 100% Lanolina, assim ficava hidratado e não coçava tanto."

Estamos encantados com a magia da gravidez, na verdade sabíamos o básico, e tem tanta coisa pra aprender, tanta novidade.
O primeiro ultrassom, é muita emoção ver aquele pontinho. E depois um feijãozinho. Depois um feijãozinho com rabinho. Depois uma bolinha com cabeça, braços e perninhas, se mexendo. Logo um bebezinho formado! 

O Papai acompanha todas as consultas, se emociona em todos os ultrassons. Sabe mais coisas que a Mamãe, rsrs...

Valeu a pena esperar o momento certo. Estamos curtindo 100%!!!